terça-feira, 7 de abril de 2009

MODA:
"Nós do Nordeste temos mais dificuldade pela forma que somos vistos pelo resto do Brasil. Mas trabalhamos muito mesmo, e o Ceará conseguiu esse pódio que são os 10 anos de Dragão Fashion", desabafou Cláudio Silveira na coletiva pouco antes do primeiro desfile.

Junto dele, Verônica Perdigão, presidente da Santana Textiles, Aguinaldo Diniz Filho, presidente da Abit, e um representante do governo do Ceará, que desta vez entra com importante apoio. Todos reconhecendo o evento nordestino como algo nacional e lembrando o significativo crescimento do pólo têxtil nesta região.Dentre os produtores nacionais, o Ceará ocupa a sexta posição, atrás de São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro, e responde por 6,1% do PIB têxtil brasileiro. São 5.965 empresas formais, 5.238 de confecções.

Ao final, Cláudio lembrou: "Não somos São Paulo Fashion Week e nem Fashion Rio, não queremos comparação. Somos um evento de moda autoral do Nordeste"".


SEGUNDO DIA:

"O jovem baiano Tarcísio Almeida foi quem deu a largada dos desfiles da segunda noite do evento. Uma intervenção fez parte de toda a apresentação, com uma menina enrolada por um manto de tricô que ia sendo desconstruído por uma antiga máquina de costuras. Suas criações deram ênfase a dobraduras, camadas desparelhas e abalonados nas cores marfim e vermelho (tecidos finos) mais cinza e preto (moletom e denim). O desfilar devagar das modelos e a trilha com sons como de gotas de água caindo num copo deram o ar conceitual desta coleção.Walério Araújo reapresentou seu inverno 2009 mostrado na Casa de Criadores, mesmo assim surpreendendo a platéia cearense e recebendo inúmeras palmas.
O rapper Gobbie e suas pegadas pesadas também do rock, cantou ao vivo para as mulheres e homens esculturais do estilista. O tema "Rock Medieval" traz peças lotadas de pérolas em contraste com o preto do vinil, efeito espartilho na lateral ou traseira de algumas peças, devorê, tule... Ainda alguns modelos em estamparia digital que recriaram capas de discos do Nirvana, Guns, Iron, entre outros.
A Mar del Castro, desenhada por André e Rafhaela Castro, desfilou uma moda praia inspirada no Dia de Graça, data comemorada na ilha que dá nome à marca. A trilha empolgante de colagens musicais regionais (ponto para Dj Dolores!) foi pano de fundo para sungas, biquínis, maiôs, vestidos, kaftans e shortinhos na criativa cartela branco-orixá, prto-milagroso, azul-manto, roxo-fé, vermelho-sete sais, verde-fartura e bege-sagrado. Destaque para a junção do verde, marinho, marrom e amarelo no shortinho dele, nos ponchinhos no mesmo material dos biquínis e para a bata com machados alaranjados e esverdeados usada com biquíni cor de pele. "

Fonte: Potal UseFashion

3 comentários:

  1. estou começando um blog e queria publicar um pouquinho de moda de cada região brasileiro. Adorei a postagem acima sobre o Nordeste e gostaria de saber se poderia colocar e divulgar no meu blog, seria a primeira matéria!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Aqui você tem um canal aberto com o artista e sua produção. Deixe aqui seu comentário ou dúvida. Os comentários de conteúdo ofensivo serão bloqueados.